Um projeto expográfico precisa ser elaborado em diálogo direto com a Curadoria e tem como objetivo definir a linguagem e o design da exposição, determinando os suportes expositivos, os recursos multimeios e o projeto gráfico, além de pensar as formas de comunicação de conteúdo como programação visual, diagramação de textos, imagens, legendas, luz e sonorização. Em exposições, o conteúdo toma a forma de animações, vídeos, móveis, objetos, painéis, fotos, ilustrações, entre muitas outras possibilidades que permitam a interatividade ou interações em tempo real.

A utilização de materiais diferenciados e recursos modernos e variados de impressão – adesivos, tecidos, materiais rígidos, MDF, PS, acrílicos, recortes e outros – estimulam o público e o surpreendem, garantindo a visitantes uma experiência única.